Magia Rubro Negra


Uma “Tromba” de muita alegria! Por Gabriel Reis by gabrielkr
23/09/2009, 14:34
Filed under: Colunas

adriano-e-andrade

Meus amigos, não há palavras para descrever o momento de felicidade que estou com o meu Flamengo. Fazia tempo que eu não via o meu time jogando futebol de verdade. E não importa aonde vai chegar, se vai ser campeão, se vai conseguir vaga para Libertadores ou se vamos ganhar de todo mundo. O que importa é saber que o Flamengo mudou, mas mudou muito. O Flamengo do velho “Tromba” está redondinho, como eu não via desde a década de 80 ou com aquele time que tinha o Júnior como maestro em 92. Mas será que vocês sabem a importância do que realmente está acontecendo de mudanças no time? Então vamos lá, hora de explicações.

Com o Andrade, o Flamengo tem dois meias de armação jogando em suas posições reais. Não tem invenção de Ney Franco, não tem medo do Joel e não tem covardia de Cuca. Se o Flamengo estivesse nas mãos do Caio Júnior, por exemplo, o Petkovic, nosso verdadeiro camisa 10, de quem 50% dos gols começam em seus pés e 30% são de sua assistência, estaria amargando um banco de reservas e, quando entrasse, jogaria como segundo homem de meio-campo, improvisado. Teríamos que aturar jogadores como Toró e Maldonado na armação de jogadas, sendo camisa 10, além de que as manchetes já estariam sendo a saída do Imperador, até porque o cara não teria marcado nem metade dos 13 gols, que o colocam como artilheiro do Brasileirão. Será que o problema de atacantes como Dimba, Diego Tardelli e tantos outros que passaram pelo Flamengo foi só deles ou foi dos esquemas covardes armados por nossos ex-treinadores? Eu acredito que a covardia reinou na Gávea e que, graças ao conhecimento do grande Andrade, estamos voltando a ter um camisa 10 e um atacante de origem.

Quantos times no futebol brasileiro tem um camisa 10? Digo mais, qual time do G4 tem um meia de verdade? Vejam o São paulo como exemplo, que tem o Hernanes armando todas as suas jogadas. O Hernanes não é 10, muito menos meia. Ele é volante, gente. É aí que eu quero chegar. O São Paulo joga na covardia. A covardia que vem dando certo no futebol brasileiro, quando vemos gol de canela, gol contra, gol de mão e etc. E o Palmeiras de Diego Souza e Clayton Xavier. São meias, camisas 10? Não, são volantes que fazem função de meias. O Inter até que tem o DAlessandro, mas esse não tem muita cabeça. Quando é que vemos estas equipes dando goleadas com todos os gols lindos, em jogadas trabalhadas? Nunca. O Flamengo ressuscitou o lançamento preciso, as assistências aos matadores e trouxe de volta a beleza ao Campeonato Brasileiro. Obrigado Mengão e Andrade, por me fazerem assistir um futebol bonito novamente.

Magia Neles!

Anúncios

4 Comentários so far
Deixe um comentário

Nobre amigo flamengo Gabriel Urubu Mengão,

estou com saudade de ti. Você anda sumido dos círculos rubro-negros.

Oh, concordo plenamente com o seu post. O Andrade está fazendo um excelente trabalho e mnerece todo nosso apoio.

Abraços e Saudações Rubro-Negras a todos.

Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.

Comentário por Luiz Mengão Eduardo

E teve gente que o cara não era treinador…

Agora, espera ter 2 resultados ruins e o mundo volta a cair encima do Tromba…

Um brinde a (falha) memória rubro-negra!

Comentário por Pedro Ivo

VAMOS COM TUDO AGORA PRA CIMA DO INTER!!!!

VAMOS NA ARRANCADA MENGÃO TURBINADO E NERVOSO!!!

PRA CIMA DELES MENGO!!

SAUDAÇÕES A TODOA NAÇÃO E A MAGIA!

Comentário por ROMERO MENGÃO IPATINGA

VAMOS LAAAAAAAAA MENGO

Comentário por GABRIEL




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: