Magia Rubro Negra


Cielo e cia são do Mengão!! – Por Mariana Brochado by fholanda
05/04/2010, 22:16
Filed under: Colunas

 

Ontem, quarta-feira, 31 de março, era o último dia para os atletas brasileiros decidirem seu destino para a temporada de 2010. Finalmente, chegamos ao fim da novela de qual seria a nova casa do nosso campeão olímpico e mundial César Cielo e para a alegria de muitos, ele agora é do Flamengo!! Muitas pessoas não acreditavam nessa possibilidade, principalmente, pelos últimos anos pelos quais o time da Gávea passou e pelo nadador ter declarado, ao não fechar contrato com o Corinthians, de que agora não seria a hora de mudar por estar tão perto dos Jogos Olímpicos.

Para a felicidade dos rubro-negros e da presidenta do clube Patrícia Amorim, o maior nome da natação brasileira de todos os tempos vai vestir a blusa vermelha e preto. Os outros dois brasileiros que estão treinando com Cielo em Auburn, nos Estados Unidos, Nicholas dos Santos e Henrique Barbosa, também fecharam com o Flamengo e estão de volta à Gávea, já que defenderam o manto sagrado entre os anos de 2000 a 2002.

A meu ver, essa contratação é muito mais do que se ter “apenas” o melhor do mundo nas provas de velocidade no clube, mas de uma reestruturação pelo qual o Flamengo está passando. Patrícia Amorim, desde que começou a sua gestão em janeiro, vinha ajudando, principalmente, a ginástica olímpica e o basquete do clube com algumas contratações e pagando os diversos meses de salário atrasado da antiga gestão. A natação não é só mais uma modalidade a tentar resgatar, mais uma questão pessoal para nossa ex-nadadora olímpica.

O Flamengo quer voltar a ter tradição de fazer craques em casa e nada melhor do que atrair a criançada tendo grandes nomes da natação em território rubro-negro. Há que se fazer um resgate da base do clube, voltar a ter aquela piscina olímpica lotada de atletas, tanto dos mais novos quanto dos mais velhos, da criança treinando na raia ao lado a do seu ídolo… Enfim, não há como não perceber que o clima dentro do Flamengo mudou, não só por mais uma grande contratação, mais por tudo que Patrícia vem fazendo na Gávea, sua segunda casa, se não, a primeira. Parabéns Patrícia pela iniciativa, por não ter desistido e por ter mantido esse espírito de atleta até o final. E boa sorte para Cielo, Nicholas e Henrique nessa nova casa.

Mariana Brochado
Musa e Ex-Atleta do Clube de Regatgas Flamengo
www.marianabrochado.com.br

Anúncios

4 Comentários so far
Deixe um comentário

Prezada Musa Mariana Brochado,

Está sendo ótimo para o Flamengo e para o Brasil a Presidente Patrícia Amorim investir e também dar atenção para outros espotes além do futebol (ginástica olímpica, basquete e agora a natação). As Olimpíadas no Rio de Janeiro já “batem” as portas e é uma grande oportunidade, em uma grande cidade, de atrairmos crianças com potencial para serem futuros atletas e quem sabe, em condições de representar bem o Brasil.

Sei que há prioridade na distribuição de verbas para estes esportes olímpicos dentro de um Clube pois não é fácil de se conseguir, de uma hora para outra, ajuda financeira (leia-se patrocínio). Mas além destes esportes citados acima, ainda sonho com a volta de um destacado time feminino de vôlei a começar com contratações de grandes estrelas da SuperLiga.

Soa muito estranho na minha opinião, que não é de agora, mas que de fato não há como “remar contra a maré”, o domínio dos times com denominações local-empresa tanto no masculino como no feminino.

Leite Moça, de Sorocaba (SP) / Frangosul/Ginástica, de Novo Hamburgo (RS) / BCN (SP) / Nossa Caixa/Suzano (SP) / Olympikus/Telesp (SP) / Papel Report/Suzano (SP) / Leites Nestlé (antigo Leite Moça) / Banespa (SP) / Rexona (PR) / Ulbra/Diadora / Olympikus (RJ) / Ulbra/Pepsi (RS) / Uniban/São Bernardo (SP) / Telemig Celular/Minas (MG) / MRV/Minas (MG) / BCN/Osasco (SP) e por aí vai.

É muito mais empolgante e vibrante quando se tem “puros” times formados por clube e não por mando e desmando de empresas que de uma hora para outra podem decidir pelo fim do time como já foi feito várias vezes no passado.

O Clássico Carioca entre Flamengo e Vasco na decisão da Superliga feminina de 2000/2001 e que foi conquistada pela equipe rubro-negra, no Maracanãzinho lotado, sem dúvida nenhuma foi uma coisa indescritível. Os próprios torcedores fiéis ao Clube são os mesmos que o do basquete o do futebol etc. O torcedor de “clube-empresa” não me passa uma grande vibração. Eles estão lá apenas para se divertir e para assistr a um jogo, na minha opinião. Falta, na minha visão. aquele “torcer” por ser seu Clube de Coração!

Saudações Rubro-negras,

Hélio Shiino
Rio de Janeiro – RJ

Comentário por Anônimo

QUERO VER SE AGORA OS JOGADORES VÃO LÁ NO COMPLEXO DO ALEMÃO(VILA CRUZEIRO) AJUDAR ALGUÉM…SÓ PRA CURTIR É MOLE..

Comentário por Vinícius

QUERO VER AJUDAR AGORA APÓS ESSE PÉ D´ÁGUA…

Comentário por Vinícius

Não tenho contato com a diretoria do Fla, mas poderíamos organizar um posto de recolhimento de alimentos/agasalhos no dia do jogo!

Comentário por Clarice




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: