Magia Rubro Negra


EU NÃO TENHO UM DESGOSTO PROFUNDO by leomagamon
15/11/2010, 20:30
Filed under: Colunas

Logo que amanheceu, cumprindo um ritual sagrado dessa data, liguei o som e fiz ecoar o nosso hino no mais alto volume. Como de hábito, a bandeira de três panos tremula na cumeeira da casa dia após dia, de onde sai apenas na hora da troca por uma nova, sempre que se faz necessário. Embora a minha rotina seja evidenciar a minha paixão pelo Flamengo, vestindo o Manto freqüentemente e comemorando vitória até de “arremesso de anão”, em muitas ocasiões o registro emerge da alma e não do corpo. Assim estou hoje. Mais do que nunca, trata-se de um dia em que não poupo demonstrações evidentes, pela incontrolável explosão do sentimento preto e vermelho. As lágrimas vêm aos olhos, o nó na garganta aperta e o coração bate mais rápido.

A imaginação procura recriar as imagens dos heróis das embarcações Pherusa e Scyra; as cestas do Algodão no decacampeonato, outras tantas do Oscar e do Marcelinho; o remo do Buck; as cortadas da Isabel e da Jaqueline; as braçadas do Ricardo Prado; os gols épicos do Pet, do Valido e do Rondinelli; as imensas alegrias nos incontáveis gols do Zico. São tantos os êxtases que preciso repetir o hino várias vezes para tentar repassar na mente só alguns dos fatos mais marcantes.

Há muito estou convicto de que todos nascemos rubro-negros. Alguns degeneram por influência de parentes pouco esclarecidos ou falsos amigos, que chantageiam crianças e as enganam sordidamente, reservando a elas um futuro mais triste. Já fiz as contas das conquistas para muitos deles e provei que teria sido muito mais vantagem ter mantido o clube de nascença de todos nós. O arrependimento deles mal se disfarça num sorriso amarelo que tenta ocultar a opção equivocada. Mesmo que às vésperas do nosso 115º aniversário tenhamos recebido um presente de grego, nossa trajetória vitoriosa sublima isso tudo.

Chegamos àquele momento em que as coisas se decidem e o Flamengo costuma testar a nossa capacidade de suportar fortes emoções. Desde a Pherusa, nossa galeria de conquistas está repleta de êxitos alcançados dessa forma, superando grandes adversidades. Temos três jogos para fazer o orgulho transbordar e trazer à flor da pele os versos do nosso hino: Vencer, vencer, vencer, uma vez Flamengo, Flamengo até morrer ! Melhor dizendo, que me perdoem o poeta e a vida finita, porém jamais terei um desgosto profundo. Uma vez Flamengo, Flamengo mesmo após morrer.


MAGIA NELES!
EQUIPE Magia Rubro Negra
COLABORADOR Alexandre Fernandes
TWITTER: @alexandrecpf

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

que texto maravilhoso

saudações rubro negra
Flamengooo amor incondicional,
sempre estarei contigo…

saudações rubro negra

Comentário por Aline Belarmino

MARAVILHA !!! TEXTO LEGAL DEMAIS !!!
Com certeza, FLAMENGO ATÉ EM OUTRAS VIDAS !!!
Segunda divisão ? Talvez fosse bom disputar um dos poucos titulos que não temos. Mas também não quero ter não e NUNCA vamos ter !!! Isso é coisa da torcida arco íris !!!
Beijos

Comentário por Marcelo




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: