Magia Rubro Negra


Patrícia Amorim: 1 ano by Cacau
22/12/2010, 20:13
Filed under: Colunas

Há exatamente um ano atrás eu me emocionava com a posse da ex-nadadora. “Que o meu coração rubro-negro pulse muito forte e possamos levar o Flamengo à grandeza que ele merece ter. O Flamengo parou de crescer durante um tempo, mas isso acabou. O Flamengo será maior do que ele é hoje” – dizia ela. Naquele instante acreditei no início de uma nova década de ouro, como foi 80. O Flamengo superior aos grandes. Zeus entre os deuses. Muito acima de qualquer mortal.

Posse de Patrícia Amorim em 22/12/09

Não foi bem assim. Ao fim do primeiro ano de Patrícia Amorim à frente dO Mais Querido, o que deu certo e o que deu errado? Longe de bancar a sabichona, só posso lhes dar minha humilde opinião baseada em coisas que leio, escuto e questiono por aí. Algumas coisas não foram surpresa. Priorizou os esportes olímpicos e deixou o futebol “caminhar sozinho”. O que eu esperava? Equilíbrio. Outras gestões faziam o extremo oposto. E eu também achava desnecessário. Mas Patrícia pecou por achar que o futebol Hexa-Campeão poderia se autogerir. Incompetência ou ingenuidade, eu não saberia dizer.

Andrade e Marcos Braz pagaram a conta da indisciplina de um elenco com o ego inflado pelo título recém adquirido. Seguiu-se um período de incertezas até que veio a grande cartada da moça: sem alarde, de uma hora para outra, anuncia a volta de Zico ao Flamengo. Discurso de autonomia e confiança mútua. Mas o Galo não foi blindado pela presidente e saiu em meio à mais uma de tantas histórias (ou estórias) mal contadas no Flamengo. Mesmo errando nas suas contratações, saiu apoiado pela torcida e ela seguiu achando que poderia não se envolver tanto com o futebol.  

O futebol concluiu 2010 com uma performance pífia, para muitos vergonhosa. Não fosse a sorte e a proteção do atento padroeiro, estaríamos no desvio obrigatório da estrada secundária, aquela da qual não se volta sem lama até a alma. O fracasso no Carioca, na Libertadores e no Brasileirão ofuscaram o brilho do sucesso de praticamente todas as demais categorias esportivas onde o clube se fez representar, justamente as mais queridas da senhora presidente. Se ela acertou ao apostar em tais categorias, ela errou – e muito – ao não capitalizar com essas vitórias. Fotos de Cielo com as cores do Mengão são cada vez mais raras. Diego Hypólito então, nem se fala. Nem os rapazes do Basquete, com exceção de Marcelinho, talvez, têm suas imagens espalhadas mídia afora com o Flamengo em destaque.

O Marketing evoluiu? Sim. A parceria com a Olympikus segue de vento em popa – nunca vendemos tantas camisas originais – e o Museu Flamengo está finalmente saindo do papel. O Marketing do Flamengo, assim como Patrícia, precisa aprender que não existe auto-gestão. Não adianta sentar na cadeira executiva à frente de uma bela mesa lustrosa e achar que, por ser O Mais Querido, não há muito mais o que fazer. Errado! Além da gestão da imagem dos atletas, existe o combate à pirataria e um programa de fidelização para tocar. O modelo Cidadão Rubro Negro não funcionou e precisa ser remodelado com urgência.

Patrícia, uma semana após a saída de Zico

Chego agora ao porém mais desastroso deste primeiro ano de Patrícia. Sabia-se desde 2009 que não teríamos o Maracanã a partir do segundo semestre de 2010. Assim como as renovações de contratos que todos sabíamos quando venceriam, deixou-se para cuidar do assunto às vésperas da tragédia. E nada me irrita mais do que tragédia anunciada, porque evidencia-se assim a falta de vontade. Semanas após o burburinho causado pelas negociações de estádios e terrenos Rio afora, já se abafou o caso e seguimos achando que nada será feito. Uma torturante inércia. 

Está tudo errado? No futebol, sim. No clube, nem tanto. Salários em dia é um ponto positivo. Excesso de vazamento de infomações durante as negociações é um exemplo do que temos de mais negativo. E isso a presidente deveria saber como resolver. O que quero de 2010? O equilíbrio que citei lá no início. Quero perceber que há a vontade de acertar. Quero perceber que Patrícia Amorim está de corpo e alma dentro do Flamengo (hoje não vejo isso em seus olhos). Quero a gestão profissional e apaixonada que acreditei ser possível em 22 de dezembro de 2009. E assim, quero ver o nosso Flamengo vencedor novamente!

Encerro desejando aos meus amigos do Magia Rubro Negra e a cada um de vocês, um Natal repleto de alegria e felicidade! Que vocês tenham, na companhia de seus amados, momentos fantásticos de paz e harmonia e, assim, forças renovadas para o 2011 emocionante que temos pela frente!

 Magia Neles!
EQUIPE Magia Rubro Negra
claudia@magiarubronegra.com.br
Twitter: @tudoemsimas

Anúncios

8 Comentários so far
Deixe um comentário

Cláudia, sou sócio-proprietário do Flamengo há quase 30 anos e votei na atual presidente. Esperei quase um ano antes de fazer meu juízo. Foi uma grande decepção. O que penso está no meu texto, fora da seqüência cronológica mas ainda resgatável nas colunas de dezembro do Magia. “E como viabilizar o sonho? Com a sabedoria de quem explore a nossa descomunal força; com a agilidade de quem quer resolver; com o comando de quem aglutine e inspire confiança aos liderados; com a perspicácia de quem saiba enxergar mais longe que os medíocres; com a criatividade de quem se diferencie dos demais concorrentes. Em suma, presidir o Flamengo não é estágio, nem trampolim, nem atalho para projetos pessoais de quem quer que seja. O Flamengo precisa sempre de craques, a começar da presidência.”

Comentário por Alexandre Fernandes

tá foda de aturar a Patricia!!
#ForaPatricia!!!
atuacao vergonhosa q ela está tendo!!

Comentário por @livinhojcs

Oi Alexandre!
Entendo perfeitamente sua posição e a do Livinho também. O texto pode não transparecer, mas minha insatisfação é também enorme. Só que tenho um incorrigível lado Pollyana de ser e insisto em ver o lado positivo das coisas. Quero acreditar que, tendo arrumado a casa e alcançado seus objetivos primários, a presidente vai usar agora o bom senso e olhar de verdade para o futebol.
Aos demais leitores que quiserem ver a opinião do Alexandre, de onde ele extraiu o texto acima, segue o linkl da coluna: http://bit.ly/frPSGT.
Grande Abraço!
Magia Neles!

Comentário por Cláudia

Cláudia, tomara que o seu lado Pollyana não seja gêmeo do que acometeu o Zico. O Flamengo não merece que ela aja assim, cuidando dos votos(sócios)e maltratando a torcida.Vamos torcer juntos por um ano melhor. Um grande abraço e Magia Neles !.

Comentário por Alexandre Fernandes

Cláudia, tomara que o seu lado Pollyana não seja gêmeo do que acometeu o Zico. O Flamengo não merece que ela aja assim, cuidando dos votos(sócios)e maltratando a torcida.Vamos torcer juntos por um ano melhor. Um grande abraço e Magia Neles !

Comentário por Alexandre Fernandes

O FLAMENGO (sócios) colocou uma verdadeira política no comando. Agindo sempre para manter o poder, até de forma maquiavélica, mas sem realmente se preocupar com as verdadeiras necessidadas de seu povo. No fim da história nós, o povo, pagaremos a conta, como sempre. Apesar de não ter nenhuma boa perspectiva para os próximos anos, a esperança é a última que morre. FLAMENGO SEMPRE!! SRN

Comentário por Urubu do Cerrado

Realmente 2010 tem que ser tomado como uma aula de como nao se gerencia um clube.Patricia precisa acordar e trabalhar de verdade, principalmente com inteligência.Tenho fé que o Luxa vai ajudar e muito na recuperacao do nosso Mengao em 2011.Feliz natal a toda a flamengada mundo afora !

Comentário por Rodrigo Gibaile

[…] Nota: Publicado originalmente no Magia Rubro Negra. […]

Pingback por Patrícia Amorim: 1 ano « Flamenguice, Pura e Aplicada




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: