Magia Rubro Negra


Mãos à obra! by Cacau
12/01/2011, 13:50
Filed under: Colunas

* Muito critiquei a diretoria do Flamengo que enfraqueceu o trabalho e minou com inúmeros vazamentos as negociações (equivocadas ou não) durante e depois a gestão do Galo. Nada se discutia dentro da Gávea que não soubéssemos os detalhes aqui fora. Absurdo total. Finalmente parece que aprenderam e por isso, quando funciona, sinto o prazer e a obrigação e parabenizar a todos os envolvidos nas últimas contratações e na condução da novela Ronaldinho. Não apaga a cicatriz do que aconteceu ano passado, nem com o Zico, muito menos com a gestão do futebol, mas demonstra à torcida e investidores que ainda existe vontade de mostrar serviço. Mas é muito importante que não se perca o foco. Me incomoda demais essa recorrente mania de cozinhar jogadores e não definir a situação dos dispensados e começam a surgir os rumores de que salários já começam a atrasar. Detalhes que, para quem gosta de pegar no pé do famoso amadorismo rubro-negro, competem em dramaticidade com a tragédia haitiana.

* Também muito me surpreendeu o ataque de purismo, ingenuidade, honestidade e ética que assolou técnicos e cartolas de clubes que se pretendem grandes aqui na terrinha e gostariam do nosso Ronaldinho em seus elencos. Aconselho que abandonem o futebol e se inscrevam para Miss Universo e preguem a Paz Mundial. Saiu algum estatuto desaconselhando a concorrência por jogadores no futebol brasileiro e eu não fiquei sabendo? Se um clube mostra interesse o outro tem que entrar na fila, é assim? Balela! Só desaprenderam a negociar e obviamente, é mais fácil a CBF homologar o hexa rubro-negro do que esses chorões reconhecerem a própria incompetência. Querem um cursinho? É só googlar: “técnicas de negociação”.

* Como dizia Caetano, “tudo é divino maravilhoso”, mas vamos trabalhar? Longe de bancar a insensível, mas temos um ativo de quase R$ 80 milhões para colocar imediatamente em ação e, estou ansiosa para ter uma dica de como vai ser isso. Tio Luxa deve estar adorando perder o sono para encaixar Ronaldinho e Thiago Neves em algum esquema tático brilhante. Com a qualidade em campo dos dois, talvez não seja necessário reinventar a roda, mas se tratando do bom e velho Vanderley Luxemburgo, nada me surpreende. Se todos esperam que ele faça como o Barça e arrume o time num clássico e comprovadamente efetivo 4-3-3 em função do Ronaldinho meia-atacante, talvez ele surpreenda, seja mantendo o esquema atual (o… o… qual é mesmo?) com ajustes ou revertendo toda a ordem e tirando algo inteiramente novo da cartola. O importante é ter ciência de que o trabalho está só começando e é preciso treino e entrosamento para que esse nosso “dream team” (mesmo que ainda sem xerife-zagueiro) possa deslanchar. Então façamos, hoje e amanhã, a linda e calorosa recepção que só a Nação Rubro-Negra sabe propiciar e mandemos logo os caras para Londrina. Mãos à obra!

O texto de hoje saiu meio colcha de retalhos, multifacetado, recheado com as impressões que resultaram das emoções da última semana. Só quero dizer mais uma coisa: torcida e imprensa estão de acordo que se Ronaldinho e Thiago Neves jogarem trinta ou cinquenta porcento do que sabem teremos um primoroso 2011. Só que se esquecem que nenhum dos dois veio “por amor” ao rubro-negro, aceitando receber o equivalente a trinta ou cinquenta porcento de seus vencimentos. Não preciso lembrar que estamos apostando em retorno de marketing, se posso falar assim, para fechar essas contas e para isso, tudo tem que funcionar muito redondinho. Assim, eu não vou me contentar com “parte” do futebol que podem nos oferecer: quero todo o suor que os dois puderem produzir! Eu estou com fome de bola. Espero que os dois estejam também. Mãos à obra!

Magia Neles!
EQUIPE Magia Rubro Negra
claudia@magiarubronegra.com.br
Twitter: @tudoemsimas



LIGA DAS AMÉRICAS – QUIMSA x FLAMENGO by leomagamon
11/01/2011, 23:34
Filed under: Colunas, Fla Basquete

O timaço de basquete do Mengão estreou com vitória na Liga das Américas no Equador. O jogo foi contra o Quimsa da Argentina e não foi fácil não.

Começamos melhor, abrimos vantagem, mas aos poucos perdemos a precisão do arremesso e terminamos o 1o quarto ganhando apenas por um ponto, 23 a 22. O 2o quarto foi marcado por erros sucessivos de ambas equipes, e terminou empatado em 36 a 36.

O equilíbrio também marcou o 3o quarto, nenhuma equipe conseguiu escapar no placar que ficou no 55 a 53 para nós ao fim desta etapa.

O 4o quarto começou muito bem para o Mengo, conseguimos abrir 7 pontos de vantagem mas em 2 bobagens, falta técnica de Hélio e erro de arremesso de Atila, o Quimsa se empolgou e encostou.

Apesar do equilíbrio durante toda a partida, deu Mengão no final 78 a 72.

Os destaques da partida foram David Teague que anotou 20 pontos e Teichmann, que assinalou 14 pontos e pegou 11 rebotes.  O cestinha foi Lo Grippo do Quimsa, com 23 pontos.

O time entra em quadra novamente nesta quarta-feira quando enfrenta o Mavort do Equador.

MAGIA NELES!
EQUIPE Magia Rubro Negra
Leomagamon

http://twitter.com/leomagamon
http://youtube.com/leomagamon
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97439550
leomagamon@magiarubronegra.com.br



As melhores lembranças by Bruno Cazonatti
11/01/2011, 16:07
Filed under: Colunas


Há histórias que décadas não são capazes de apagar. No viço dos meus 23 anos, morando na Tijuca, mais precisamente no Largo da Segunda-Feira, o almoço de domingo daquele 1º de junho de 1980 foi mais cedo. Tínhamos, meu irmão e eu, que encontrar com algumas pessoas em frente à Estátua do Belini ou Estátua do Jogador, como alguns preferem. Uma rápida caminhada e chegamos ao Maracanã por volta das 12:30. Na quarta-feira anterior estivéramos no Mineirão, onde a PM mineira não teve qualquer gentileza com a torcida rubro-negra, batendo antes e perguntando depois. Fazer ou não arruaça foi indiferente. No campo, além do desfalque do Zico, o Rondinelli saiu desacordado com o maxilar fraturado pelo Éder. O jogo da volta foi ansiosamente esperado pela Imensa Nação Rubro-Negra.

Em frente ao portão de entrada, a multidão impressionante, um verdadeiro mar revolto de Mantos Sagrados, um tsunami de quase 160 mil pessoas. Permitido o acesso, nos esgueiramos para chegar às roletas, muitas vezes sequer tocando os pés no chão. Seguiu-se a tradicional procissão até a coluna 40 das arquibancadas, onde sempre assistíamos os jogos. Sentamos, ou melhor, nos acomodamos como possível. Não me recordo se o jogo foi às 16:00 ou às 17:00, mas esperamos muito. Valia de tudo, desde acertar os carecas com bolinhas de copo de mate, até relembrar do jogo anterior e da campanha. Até então, depois de 21 jogos, somávamos duas derrotas: um 1 x 2 para um surpreendente Botafogo da Paraíba no Maracanã e o 1 x 0 no Mineirão no primeiro jogo das finais. Iniciada a partida, foram necessários sete minutos para um lançamento mágico do Zico para o Nunes e a conclusão rasteira, de fora da área, na saída do João Leite. Sob milhares de olhos petrificados, a bola se arrastou por metros, pererecando até entrar no gol. Ainda comemorávamos quando o Reinaldo empatou, numa bola desviada na zaga antes de entrar. O primeiro tempo todo em cima deles, a bola teimando em não entrar. Num bate e rebate que começou com o Júnior, o Zico desempatou, bem no final.

Intervalo de muita alegria, os minutos voaram. Segundo tempo nervoso, poucas e alternadas oportunidades. O Reinaldo capengando achou forças para empatar depois da metade da etapa final e deixou nossos nervos à flor da pele. O Maracanã era um depósito de tensão, prestes a explodir a qualquer momento. A menos de dez minutos para a decisão acabar, o “João Danado” recebeu um lançamento do Andrade pela esquerda. Tentou cruzar, a bola carambolou no Silvestre e voltou para o nosso artilheiro. O predestinado partiu para decidir o lance. Um drible seco para dentro da área, a projeção em direção à linha de fundo e, ao invés do cruzamento, a bola colocada por cima do João Leite que buscava abafar. Meus olhos turvaram de lágrimas no ato. Eu queria urrar e não conseguia.

O peito apertou enquanto um amontoado de gente se abraçava a mim. Conhecidos e desconhecidos se confraternizavam numa emoção incontida e indescritível. Daí em diante todo mundo sabe o que eu tive o privilégio de viver. Muita festa e o início de uma seqüência incomparável na história do clube.

Magia Neles!
EQUIPE Magia Rubro Negra
alexandre@magiarubronegra
Twitter: @alexandrecpf



COPA SP DE JR – FLA X SÃO JOSÉ by leomagamon
11/01/2011, 11:13
Filed under: Colunas

E o Mengãozinho continua fazendo vítimas, a bola da vez na noite desta 2a foi o São José. O time rubro-negro aplicou o placar de 3×0 e se classificou como 2o melhor colocado do grupo K. Faltou apenas 1 golzinho para terminarmos em 1o.

Logo no início da partida Lucas foi derrubado na área, mas o árbitro não marcou o pênalti evidente. Três minutinhos depois o mesmo Lucas abriu o placar de cabeça, em cruzamento de Negueba. Mengo 1×0.

O presente foi devolvido aos 17 minutos, Lucas tocou pra Negueba chutar forte por baixo do goleiro do São José, Mengo 2×0.

No fim do 1o tempo quase Adryan fez um golaço por cobertura, foi por pouco.

O São José teve chance de diminuir no início do 2o tempo, Pitico foi derrubado na área, pênalti que John Lennon cobrou e César defendeu. Paredão também nos juniores.

Rafinha entrou no lugar de Adryan e fez jogada para o 3o gol, tocou para Muralha que meteu o chinelo, chute de longe que entrou bonito. Mengo 3×0.

Ainda tentamos o 4o que nos levaria a liderança do grupo K, mas ficou nisso mesmo.

Confira os gols!

MAGIA NELES!
Leomagamon

http://twitter.com/leomagamon
http://youtube.com/leomagamon
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97439550
leomagamon@magiarubronegra.com.br



RG10 É DO MENGÃO by leomagamon
11/01/2011, 0:44
Filed under: Colunas, Magia Divulga

Fala Ronaldinho,

Que demora, hein cara? Entretanto, essa sensação é um misto de certeza e fé que vai valer a pena ter esperado tanto tempo. Você não imagina quantas madrugadas nós passamos discutindo sua possível chegada. Em diversos instantes, tememos pelo pior. Culpa de um passado recente que nos deixou assim.

Ler o acerto oficial e vê-lo vestindo a camisa mais importante na história do futebol mundial é de arrepiar. Nosso maior desejo é ver em você gana e a alegria de jogar com esse MANTO. O mais respeitado, mais popular e mais conhecido em todo o universo.

Aqui não levamos em consideração o passado, seja ele distante ou recente. Nós só esperamos (sempre) entrega, dedicação e acima de tudo respeito com essa NAÇÃO que aguardou ansiosamente sua chegada. A você cabe o papel de fazer seu habitual e reconhecido show nos gramados, a nós o de sempre: Encantar, hipnotizar e emocionar com a maior festa que o mundo da bola já viu, a festa das arquibancadas em cada campo, em cada estádio, em cada cidade e em cada estado que o FLAMENGO resolver desfilar.

Depois de tanta espera nos resta converter essa ansiedade em criatividade, se algum dia você acha que viu festa na arquibancada… esqueça. Encantaremos e emocionaremos TODOS os apaixonados por esse esporte chamado futebol e todos os seguidores dessa religião chamada FLAMENGO.

Seja bem vindo ao UNIVERSO RUBRO NEGRO, onde humildade é para os fracos e ‘prazer de competir’ é ladainha de incompetentes.

Sorria Ronaldinho, tire o chinelo e sinta-se em casa. A MAIOR TORCIDA DA GALÁXIA te recebe e te guia com os braços abertos. A partir de hoje o Rio de Janeiro é a sua residência e o resto do universo a sua casa. Onde houver um manto ostentado e uma bandeira tremulando, você terá liberdade e intimidade para chamar de lar. Lar doce lar.

Valeu a pena esperar.

E você RUBRO NEGRO (a)? Deixe você também seu recado e suas boas vindas ao nosso Ronaldinho Gaúcho

MAGIA NELES!
EQUIPE Magia Rubro Negra
paixao@magiarubronegra.com.br
Twitter: @magiarubronegra



AMISTOSO – LONDRINA 0 X 0 FLAMENGO by leomagamon
09/01/2011, 22:49
Filed under: Colunas, Videos

Salve salve galera do Mengão! O ano finalmente começou! Depois de mais de um mês de abstinência de jogos do time principal, hoje tivemos nosso primeiro amistoso do ano com o Londrina.

Tivemos as estreias do goleiro Felipe, de Vander e Wanderley com destaques para os dois primeiros.

Como já era de se esperar o time demonstrou bastante desentrosamento, início de temporada é assim mesmo e o amistoso teve muito mais cara de treino com público do que de jogo a vera. Começamos o jogo com o time considerado titular a princípio, e na virada de tempo o técnico Vanderlei Luxemburgo foi promovendo substituições em massa até que todo time reserva estivesse em campo.

Nossa primeira etapa (com titulares) foi recheada de erros de passes e poucas conclusões, tivemos o jovem Vander destoando dos demais pela movimentação e dribles. Vander apanhou bastante em campo com faltas na entrada da área que poderiam resultar em gols, gostei do que vi. Mas o Londrina entrou pra jogar sério, muito sério, tanto assim que numa de suas investidas pela esquerda, o atacante William recebeu carrinho de Wellinton dentro da área, pênalti a favor do time da casa. Aí foi a vez do outro estreante brilhar, Felipe defendeu a cobrança e comemorou com o time. Ao que tudo indica, em 2011 teremos um goleiro de verdade.

O reserva de Felipe foi, e será durante a temporada, Paulo Vitor e a diretoria já deu declarações a rádio dando conta que Lomba será emprestado. Que faça sucesso, e volte melhor.

O Londrina ainda teve 2 chances claríssimas de gol na 1a etapa, uma bola na trave e a mais perigosa, foi salva pelo nosso incansável Willians na linha do gol, tirando de cabeça o doce da boca da criança.

A segunda etapa foi mais movimentada, os reservas querendo mostrar serviço entraram e tentaram algo mais, mas o jogo foi caindo sua qualidade até o finalzinho e o empate xôxo em 0x0 se confirmou.

Os melhores momentos abaixo:

Ficha técnica:

CAMPANHA FLA 2011: 1 Jogo, 0 Vitórias, 1 Empate, 0 Derrotas, 0 Gols Pró, 0 Gols Contra

MAGIA NELES!
Leomagamon

http://twitter.com/leomagamon
http://youtube.com/leomagamon
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97439550
leomagamon@magiarubronegra.com.br



ACABOU, RONALDINHO GAÚCHO É DO MENGÃO by @fabiojustino
08/01/2011, 18:47
Filed under: Colunas

Depois de tanta especulação está confirmado: Ronaldinho Gaúcho é mesmo jogador do MENGÃO. Em uma transação que lembra a chegada de Romário em 1995 (vindo do Barcelona) o RUBRO NEGRO carioca deixou para trás (novamente) Grêmio e Palmeiras.

Com o mesmo desempenho diante dos gaúchos em 1982 (Olímpico) e dos paulistas em 1999 (Mercosul), o FLAMENGO entrou de vez na briga e trouxe um dos maiores jogadores na história do futebol mundial. A torcida RUBRO NEGRA está em festa e comemora com todos os motivos um início de 2011 totalmente diferente do término de 2010.

ARTE: André Costa – EQUIPE Magia Rubro Negra

O futebol brasileiro ganha mais visibilidade, o Flamengo certamente ganha uma ‘nova’ geração de jovens fissurados em playstations, ligas européias e grandes nomes com destaque nos grandes centros. A marca FLAMENGO ganha com investida de novos parceiros, marketing e sua volta triunfal a grandes negociações. O torcedor RUBRO NEGRO passa a enxergar o time com um favoritismo que até então não existia, motivação extra para acompanhar o FLAMENGO em todas as competições do ano e a esperança de dias melhores na quase sempre conturbada Gávea.

Vida longa ao Ronaldinho, que essa parceria seja vantajosa financeira e tecnicamente para ambos, que esse “casamento” seja eterno enquanto dure e que todas as competições no ano de 2011 sejam nossas. Alguém duvida?

MAGIA NELES!
EQUIPE Magia Rubro Negra
fabio@magiarubronegra.com.br
TWITTER: @fabiojusttino