Magia Rubro Negra


Entrevista com Nelson Pessoa, ex-cavaleiro do Fla by fholanda
29/03/2008, 20:01
Filed under: Entrevistas, Fla Memória, Notícias Diárias

 nelson_pessoa_flamengo.jpg

Nelson Pessoa Filho, o Neco, foi o maior cavaleiro brasileiro de todos os tempos, talvez apenas superado recentemente por seu filho, Rodrigo Pessoa, atual campeão olímpico. Nelson Pessoa, representou o Flamengo por vários anos, sendo que disputou duas Olimpíadas quando ainda atleta do clube. Atualmente ele é técnico e responsável por um dos mais famosos Centros de Treinamento na Bélgica, sem duvida, Nelson Pessoa é provavelmente a maior referência do hipismo nacional.

Leia a entrevista completa clicando aqui…

Fonte: Flapedia

Magia Neles!



Carlinhos recebe homenagem do Flamengo na Gávea by fholanda
29/03/2008, 19:56
Filed under: Colunas, Notícias Diárias

 carlinhos-busto.jpg

O ex-jogador e técnico do Flamengo Carlinhos foi homenageado na noite desta sexta-feira na Gávea. Ele recebeu um busto de bronze e sete medalhas comemorativas, uma por cada título conquistado como treinador da equipe rubro-negra – é o maior vencedor da história, ao lado de Flávio Costa.

– Sou muito grato por isso, é como ser testemunha do que fiz pelo maior clube do mundo. É uma sensação única, estou sem palavras. Todo mundo quer ser reconhecido pelo que fez, não importa a área, mas isso eu não esperava – declarou o ‘Violino’ durante a solenidade.

Um dos dez jogadores que mais vestiram a camisa do Flamengo – disputou 512 partidas -, Carlinhos, como treinador, conquistou os Estaduais de 1991, 1999 e 2000; os Brasileiros de 1983, 1987 e 1992; a Copa Mercosul de 1999.

Bastante emocionado, ele preferiu não citar nomes sobre quem, além dele, deveria ser homenageado.

– Estou sendo o primeiro, né? O que posso dizer? Estou muito envaidecido, ser escolhido entre tantos outros me deixa muito feliz. Muita gente no Flamengo merece ser homenageada, mas prefiro não falar, pois vou acabar me esquecendo – disse Carlinhos.

A idéia do busto foi do Conselho Fiscal do Flamengo, porém, todos os poderes do clube estiveram representados na solenidade, inclusive o presidente rubro-negro, Márcio Braga. Perguntado se achava que a representação era parecida com ele, o ex-técnico e jogador brincou.

– Não está muito parecido não, mas vou ter que me acostumar – disse, rindo, Carlinhos. O busto ainda tem lugar definido para ficar, porém, o homenageado afirmou não ter preferência sobre a localização.



Musa Rubro Negra das Águas by fholanda
26/03/2008, 3:48
Filed under: Colunas

teste4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Essa é a nossa musa Rubro Negra Mariana Brochado comemorando o Bi-Campeonato da Taça Guanabara ! 

Pequim tá chegando Mari e nós estamos na torcida !

Vale a pena conferir no seu Blog o post que ela deixou após a vitória do Mengão!

http://marianabrochado.blog.oi.com.br/

Magia Neles!

 



Flamengo vai à semi da Liga-Sul-Americana by fholanda
26/03/2008, 3:32
Filed under: Colunas, Notícias Diárias

 marcelinho_flamengo_basquete.jpg

Título inédito à Vista!

O Flamengo está classificado para as semifinais da Liga Sul-Americana de basquete. A equipe carioca derrotou por 108 a 76 o Sol de América, do Paraguai, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, na noite desta terça. O ala Duda foi o cestinha da equipe, com 29 pontos. Com o resultado, os rubro-negros fecharam a série melhor de três por 2 a 0. Na primeira partida, no Paraguai, o Fla venceu por 100 a 79.

– Eles vieram enfraquecidos por desfalques importantes, mas isso não mudou em nada a forma como entramos em quadra. Vencer era muito importante, a classificação para a semifinal é um prêmio a todo esforço e trabalho do nosso grupo – afirma Marcelinho, em comunicado enviado por sua assessoria.

Magia Neles!

Fonte: Globo.com



Novo Manto Sagrado! by fholanda
24/03/2008, 19:34
Filed under: Colunas, Notícias Diárias

Alô Galera Rubro Negra,

 Realmente esse uniforme ficou lindo! Bela homenagem ao nosso Remo Campeão!

“Seja na Terra, seja no Mar… Vencer, Vencer e Vencer… Uma vez Flamengo, Flamengo até morrer! ”

novo_manto_sagrado_flamengo.jpg

Magia Neles!



Dado Dolabella no Leblon by fholanda
24/03/2008, 16:53
Filed under: Paparazzi Rubro Negro

dado_flamengo.jpg

Magia Neles!



Magia Rubro Negra Entrevista: Washington Rodrigues (Apolinho) – Por Fábio Justino by fholanda
24/03/2008, 12:47
Filed under: Colunas, Entrevistas, Fla Memória, Notícias Diárias

Dando início a uma série de matérias bem interessantes o MAGIA RUBRO NEGRA procurou entrevistar os mais diversos tipos de torcedores rubro-negros, sejam eles anônimos ou famosos, o mais importante é que sejam apaixonados pelo MENGÃO.

Para dar início a esta série, trouxemos para você uma empolgante entrevista realizada em agosto do ano passado, o torcedor da vez é o ilustre Washington Rodrigues, mais conhecido como Apolinho.

Leia, curta, , divulgue e “tome cuidado”, o próximo entrevistado pode ser você.

apolinho_flamengo_rubronegra_magia.jpg

Washington Carlos Nunes Rodrigues, nascido em 01/09/1936
Casado com D. Maria Lúcia, pai de 03 filhos (Patrícia, Washington e Bruno)
Carioca do Engenho Novo, no futebol é Flamengo e no samba é Mangueira.

Mais conhecido como *Apolinho, Washington Rodrigues começou sua consagrada carreira de comentarista esportivo em 1962 na extinta Rádio Guanabara, apresentando o programa “Beque Parado”.  Passou pelas rádios: Nacional, Continental, Tupi e Globo (onde se consagrou como um dos comentaristas esportivo mais importante do Brasil).

Paralelamente as atividades no rádio, Washington Rodrigues trabalhou nas TVs: Excelsior, Educativa, TV Rio, Tupi e Globo, onde além de participar como jurado no programa do saudoso Abelardo Barbosa (O Chacrinha) trabalhou também na produção do programa.

* Os astronautas da Missão Apolo utilizavam um microfone sem fio idêntico ao que Washington Rodrigues usava em 1969, daí o apelido de Apolinho.

Através de um breve telefonema conseguimos marcar este bate-papo para as 11h00 de uma quinta-feira ensolarada no aconchegante prédio da Rádio Tupi no centro do Rio de Janeiro. Com seu característico bom humor e sua eterna simpatia Apolinho nos recebeu e mesmo percebendo o nosso nervosismo nos deixou bem à vontade para realizar qualquer tipo de pergunta.

Diversos adesivos, fotos e flâmulas espalhados pela parede mostram um pouco da paixão que este belo profissional tem pelo Clube de Regatas do Flamengo, na profissão onde dizem que ser imparcial é quase uma lei, Apolinho dá um chute nessa “máxima” e mesmo assim é respeitado e até mesmo homenageado pelas torcidas rivais.

“Bem, isso foi algo que eu conquistei ao longo de mais de 45 anos de carreira, na verdade assim que você inicia no jornalismo esportivo a tendência é que fique mais perto do clube que ama, mas ao amadurecer profissionalmente eu acabei preferindo cobrir outros clubes ao Flamengo, até para não me envolver emocionalmente mais do que já me envolvo. Na verdade eu também acabo enxergando o futebol de uma maneira diferente da maioria dos torcedores, não tenho raiva do Vasco, Fluminense ou Botafogo, inclusive um belo dia levei meu filho para ver um jogo entre Vasco x Atlético-PR em São Januário e mostrei a ele o respeito que a torcida cruzmaltina tem por mim. Outra vez num Vasco x Flamengo também em São Januário, houve uma tentativa da torcida vascaína em invadir o ônibus da torcida rubro-negra, eu estava com o meu carro logo atrás e a polícia  na tentativa de impedir a confusão dispararam bombas de gás que prejudicaram minha visão, nesta ocasião os próprios torcedores do Vasco me ajudaram e me levaram até a cabine de rádio, quer dizer, isso você só consegue com muito respeito, sempre os vi como adversários e nunca como inimigos, tenho até um troféu que a Força Jovem do Vasco mandou fazer em minha homenagem” explica Apolinho.

“Eu não sou técnico e nunca fui, mas o Flamengo não me convidou, ele me convocou e todas as vezes que ele me convocar eu vou, pelo Flamengo eu faço qualquer coisa, se o goleiro se machucar e precisar de mim no gol eu vou lá e jogo, pelo Flamengo eu faço qualquer negócio, chamou eu to dentro, qualquer coisa que quiserem eu vou”

É impossível conversar com Washington Rodrigues sem lembrar suas duas passagens pelo FLAMENGO, uma como treinador e outra como diretor-técnico (1995 e 1998). Ao relembrar este fato perguntamos: E se houvesse um novo convite para trabalhar no Flamengo, qual seria a sua resposta? Fomos surpreendidos com uma declaração que deveria entrar para a história do futebol. Com voz forte, olhar centrado e a resposta na ponta da língua ele disparou: “Eu não sou técnico e nunca fui, mas o Flamengo não me convidou, ele me convocou e todas as vezes que ele me convocar eu vou, pelo Flamengo eu faço qualquer coisa, se o goleiro se machucar e precisar de mim no gol eu vou lá e jogo, pelo Flamengo eu faço qualquer negócio, chamou eu to dentro, qualquer coisa que quiserem eu vou” diz o apaixonadoWashington Rodrigues e ainda complementa “Naquela época eu contrariei todos os meus amigos e familiares, ninguém apoiava minha decisão de deixar tudo e dirigir o Flamengo, apenas meus filhos incentivavam, eu abri mão da minha vida pelo clube, financeiramente eu quebrei, larguei tudo: rádio, TV, jornal, minha agência de publicidade, levei aproximadamente 3 anos para me reerguer, mas se alguém ligar agora lá da Gávea e disser que precisa de mim, eu largo tudo novamente e vou, Flamengo é Flamengo, Flamengo é minha paixão”.

Ao ouvir isso senti um arrepio, meus olhos se encheram de lágrimas, respirei fundo, fiquei calado por alguns segundos e ainda tive força para comentar aquilo que milhares de rubro-negros devem ter a curiosidade de perguntar ao Apolinho. Falei sobre a narração do Penido no memorável Gol (merece um “G” maiúsculo) do Pet (na final do Campeonato Carioca de 2001) e o que motivou Apolinho a citar (segundos antes do gol) a célebre frase: “E acaba de chegar São Judas Tadeu”. Com um sorriso contagiante ele me pergunta: “Rapaz, imagine eu dizendo aquilo e a bola não entra. A torcida do Vasco ia me zuar o resto da vida, mas como a bola entrou ficou marcado como uma premonição, mas não deixou de ser né, até então ele havia errado todas as cobranças e é impressionante, eu tinha certeza que ele ia acertar aquela bola” resume o apaixonado Apolinho.

Antes de terminar este bate-papo ainda falamos um pouco sobre o Campeonato Brasileiro, Campeonato Carioca, Futebol Paulista e rádio, nos lembrou que trouxe o Fabão pro Flamengo, promoveu o Aloísio Chulapa e etc. Finalizando a entrevista perguntei: No Bolão do Apolinho qual é a aposta para o Campeonato Brasileiro ?

“Flamengo sempre, se houver 38 rodadas nas minhas apostas o Flamengo é sempre campeão invicto, sem empate, independente do adversário” finaliza Apolinho.

 Magia Neles!