Magia Rubro Negra


CHOCOLATE DO AMOR – POR FÁBIO JUSTINO by @fabiojustino
27/02/2010, 23:19
Filed under: Colunas, Fotos Memoráveis, Notícias Diárias

Se jogou bem ou não, isso é irrelevante. O placar é o que importa, ainda apresentando as velhas falhas defensivas o Flamengo fez um péssimo primeiro tempo e começou a 2ª etapa da mesma forma. Mas nós temos Vinícius Pacheco e Vágner Love, isso sim é o que importa, com dois gols cada, metemos 4 no Macaé e largamos bem na estréia da Taça Rio.

Muito positiva a entrada do Ramon, a artilharia do Love e a rotineira boa atuação do Vinícius Pacheco. Jogo fraco, sem muito a acrescentar.

Imagem: Marino Azevedo/VIPCOMM – Montagem: Magia Rubro Negra

Macaé 1 x 4 Flamengo – Imagens: Leomagamon

CAMPANHA 2010: 10 Jogos, 8 Vitórias, 1 Empates, 1 Derrotas, 28 Gols Pró, 16 Gols Contra                       
ARTILHARIA 2010 (28 Gols): Vágner Love (8), Adriano IMPERADOR (6), Bruno Mezenga (3), Kléberson (3), Vinícius Pacheco (3), Fernando (2), Fierro (1), Léo Moura (1), Petkovic (1)

Na próxima quarta, as 21:50 no Maracanã será a vez do Madureira.

Fica agora a pergunta, temos reserva a altura para o Adriano Imperador? Vagner Love mostrou que pode resolver sozinho? Ou ainda é cedo para alguma análise desse tipo?

Sua resposta, seu comentário… nosso combustível.

MAGIA NELES!
EQUIPE Magia Rubro Negra
fabio@magiarubronegra.com.br

Anúncios


Nova música da Torcida! Por Gabriel Reis by gabrielkr
26/02/2010, 22:02
Filed under: Colunas

Quem foi ao Maraca e ficou na Urubuzada, pôde ouvir uma nova música da galera, que mostra o amor pelo Flamengo e a vontade de conquistar muitos títulos. O ritmo foi tirado do samba do Salgueiro: “Uma história de amor, sem ponto final. Eu quero Tetra do Rio Flamengo, Libertadores, Mundial… Flamengo, Flamengo.

O que vocês acharam da nova canção? Participem.

MAGIA NELES!
EQUIPE Magia Rubro Negra
paparazzisa@gmail.com



VINGANÇA SIM – POR FÁBIO JUSTINO by @fabiojustino
26/02/2010, 19:01
Filed under: Colunas, Notícias Diárias

Nesta sexta feira o SUPER TIME DE BASQUETE DO MENGÃO vai com tudo pra cima do Joinville, nossos guerreiros não escondem a sede de vingança do último confronto quando foram derrotados pelo placar de 72 a 69.

your text goes here more!



O impacto do novo manto – Por Nívea Richa by nivinhafla
26/02/2010, 16:23
Filed under: Colunas

24 de fevereiro de 2010, quarta-feira. Parecia que ia ser um dia comum, mas foi muito especial.Tudo bem, era dia de Maraca, isso quer dizer que já não é comum.

Desde 1987 vou ao Maracanã, mas podem acreditar, nunca tinha ido a um jogo da Libertadores. Minto. Fui sim. Assisti Fluminense x Boca Juniors, para torcer para o Boca, óbvio. Aliás, quem tiver oportunidade de vê-lo jogar, não deixe de ir, pois é apaixonante o futebol deles. Mas, voltando à quarta. Já estava me arrumando para ir ao jogo, quando meu interfone tocou: “Dona Nívea, é um cara da Olympikus, do Flamengo. Ele está com uma encomenda para você. Pode subir?”. Bom, é lógico que eu respondi que sim.

Quando abri a porta, era uma caixa linda, com o símbolo do Fla e da Olympikus. Já fiquei emocionada. Assinei o papel, o cara foi embora e lá fui eu abrir a caixa para chorar mais. Quando abri estava escrito: “Você está sentindo o que os adversários vão sentir em breve: o peso da nova camisa do hexacampeão brasileiro.” Tem noção? Uma camisa oficial, nova e personalizada.

Um presente da Olympikus para alguns blogueiros. Desculpe, mas impossível não se sentir especial.

Vesti meu novo manto e fui para o Maracanã assitir ao primeiro jogo do Mengão na Libertadores 2010. O time jogou bem, com destaque para Léo Moura, que, para mim, foi o melhor em campo; Toró, que segurou bem o meio, mesmo com a expulsão de Willians; e Fabrício, muito seguro em todas as bolas. 2×0, com golaços de Léo Moura e do Imperador, podendo ser 3×0, não fosse essa bobeira de premiar jogador com cobrança de pênalti. Love cobrou e parecia replay do pênalti que ele bateu contra a gente no brasileiro do ano passado, quando ainda jogava pelo Palmeiras. Ainda bem que estava 2×0.

O importante é que saí bem feliz, de camisa nova e com mais uma vitória do Hexacampeão Brasileiro.

OBS.: Um agradecimento especial à Maíra Rolim, que foi peça fundamental para a Olympikus nos presentear com o novo manto. Valeu Maíra!!!

            

                      

MAGIA NELES!
EQUIPE
Magia Rubro Negra
nivea@magiarubronegra.com.br



Hasta la vitoria… siempre? by Bruno Cazonatti
26/02/2010, 12:34
Filed under: Colunas

Libertadores. Competição que envolve rivalidade continental, catimba e muita malícia. Vencer por 1 x 0 é goleada, pois o grande lance é manter-se vivo na competição. E, para conquistar este campeonato tão cobiçado, uma equipe tem que ter acima de tudo, tranquilidade. Não pode haver lances de infantilidade, tipo um jogador com a bola dominada na lateral do campo e com a opção de passá-la redondinha para um companheiro livre receber, largar o cotovelo na cara do seu marcador.

Não querendo crucificar o carrapato Williams (até porque deu tudo certo e vencemos o jogo), mas o nosso guerreiro do meio de campo vacilou bonito e conseguiu arrumar uma expulsão estúpida com apenas 2 minutos de jogo. Vontade de vencer não pode ser confundida com violência! O cartão vermelho foi justo sim, e o episódio tem que servir de lição para as próximas partidas, pois vamos jogar fora do país, com pressão de torcidas muchachas e arbitragem muitas vezes ‘paraguaia’. Bom que o Mengão estreou com vitória, pois a Diretoria do clube passou a mão em sua cabeça e o perdoou pelo deslize.

Álvaro também andou bradando impropérios para Andrade, mas o treinador evitou polemizar o fato, afirmando que foi uma discussão normal de jogo. Bom, eu não creio que xingamentos ao comandante de um grupo seja coisa normal, pois para mim isso é pura falta de respeito. Se a vitória vier, está tudo muito bom, vai tudo muito bem. Só não vale abandonar o Maracanã após uma substituição quando o placar está adverso. Ah, senão é punição com afastamento e etc…

Não sei se vocês concordam, mas está faltando critério dentro da Gávea. Sei que o Williams é um baita jogador e também que o Álvaro tem lampejos de zagueirão, mas se faltar discernimento no julgamento de cada ação, o caldo entorna. Há interesses e interesses, pois o que aconteceu com o dossiê Petkovic foi uma tremenda tempestade em copo d’água. Se levarmos tudo apenas na base do “Hasta La vitoria… sempre!”, Andrade vai acabar perdendo o comando do grupo e os jogadores poderão atuar com libertinagem.

O que vocês acham?

Magia Neles!

EQUIPE Magia Rubro Negra
cazonatti@magiarubronegra.com.br



De vontade de bater no juíz à certeza de um bom começo! Por Gabriel Reis by gabrielkr
25/02/2010, 14:19
Filed under: Colunas, Videos

É galera, desta vez parece que começamos a Libertadores com o pé direito. Nada como uma vitória em casa por 2 x 0, tendo ainda oportunidade para tantos outros gols.A torcida do Flamengo não lotou o Maior do Mundo, mas parecia muito mais mágica do que aquela mesma, que lotou o estádio quando fomos Hexacampeões. Ontem, acredite se quiser, cantamos muito mais, xingamos muito mais, gritamos e apoiamos muito mais. Sabem porque? Porque os verdadeiros Rubro-Negros vão em todos os jogos. Não são apenas aqueles torcedores empolgados de jogos importantes.

A entrada do time pela primeira vez na Libertadores HD Cinema mode de última geração:

Começou o jogo, com aquela tensão de estréia em Libertadores, e confesso que, quando vi o jovem Willians ser expulso aos 2 minutos de jogo, fiquei um tanto apreensivo. Tomei logo partido do nosso jogador, melhor roubador de bolas do HEXA, e comecei a xingar o juís, pedindo sua cabeça. Cheguei a falar com um amigo que era melhor melar o jogo, fazendo um quebra-quebra dentro do campo. Coisas que um torcedor maluco, fanático e inconsequente pensa nestas horas. O jogo seguiu, e oito minutos depois, enquanto eu enchia a mãe do árbitro de elogios, Léo Moura bateu uma falta em homenagem ao Zico, que estava presente no estádio. Que golaço e que partida do Léo Moura, não é gente?

Veja o lance do primeiro gol em HD Cinema de Última Geração:

O jogo seguiu, com um ou dois sustinhos, mas a segurança do nosso reserva-titular Marcelo Lomba não nos deixou assustados de verdade. Logo, o número de jogadores era igualado e o Flamengo já estava domingo a partida. O segundo tempo foi um show de jogadas bonitas e gols perdidos. Mais uma vez brilhando, Léo Moura, com o famoso drible de Cristiano Ronaldo, se livrou do marcador em velocidade e lançou uma bola perfeita para Adriano, que com um toquinho colocou lá dentro. Festa na favela!

Veja o lance do segundo gol em HD Cinema de Última Geração:

A festa poderia ter sido ainda maior, com as belas jogadas individuais de Vágner Love, que culminaram em chutes para o alto. Na primeira, ele driblou uns quatro e bateu para o alto. Na segunda, sofreu pênalti e acabou repetindo aquela cobrança do jogo Palmeiras x Flamengo. Mas, Love recebeu os merecidos aplausos quando saiu.

Veja o lance do pênalti em HD Cinema de Última Geração:

Obs: Não vamos criticar o Willians. Eu vi o lance como ele protegendo a bola. Deu azar que o braço foi forte no rosto, mas não foi uma cotovelada maldosa. Foi azar. Aposto que o maior castigo ele já levou. Ele queria demais estar jogando esta partida. Vemos isso até pela vontade que entrou no lance. O time está fechado e focado. Não vamos estragar isso. Nada de punições.

Magia Neles!

Por Equipe Magia Rubro-Negra

paparazzisa@gmail.com (Gabriel Reis)



NOITE DE ESTREIA – POR LEOMAGAMON by leomagamon
25/02/2010, 9:22
Filed under: Colunas, Videos

Salve salve galera do Mengão! Finalmente estreamos na Libertadores 2010. Para mim foi a sensação de estrear o ano. Não trata-se de subestimar o Carioca, mas até que enfim jogamos como Flamengo ontem, algo que não ocorreu, na minha opinião, nos outros 8 jogos do ano. Flamengo é isso, é faca nos dentes, raça, correria, e supremacia em campo.

O jogo não foi a baba de quiabo que pode parecer, começou tenso, com a expulsão de Willians, um dos nossos xodós, mas que deve tomar um puxão de orelhas pois cotovelada é dose de aturar, com minutos de jogo, numa estreia, dentro de casa, imperdoável.

Com menos um a torcida entra em campo, é assim, sempre foi assim. Aí fazemos a diferença! O Mengo impos o ritmo de jogo que quis 100% do tempo, e saiu na frente ainda na 1a metade de jogo com uma linda cobrança de falta de Leo Moura.

Universidad Catolica do Chile só tentava chutões de fora da área, mas a miopia e o joanete falavam mais alto, e as bolas sempre saíam a direita de Marcelo Lomba que substituiu muito bem nosso Bruno. Apenas em uma oportunidade conseguiram mandar no travessão, foi o mais perto do gol que conseguiram chegar. Quanto ao Lomba, creio que precisa apurar a saída de bola, de resto, ótimo suplente. Um grupo forte precisa disso!

A registrar, ao fim do 1o tempo voltamos a ter igualdade em campo, Mirosevic foi expulso após deixar o pé na barriga de Toró.

O moicano Leo Moura nos deu orgulho ontem que impressionou. Correu demais, fez gol, desarmou e ainda foi responsável no 2o tempo pelo passe milimétrico, vertical, para o também lindo gol do Imperador. Goleirão chileno tá procurando por onde a bola passou até agora.

Ainda tivemos chances de gols, penalti perdido pelo Vagner Love, penalti não marcado sobre o Adriano, tudo que permeia estreia, Flamengo e Libertadores.

Estou levando fé no time, estreamos 2010 com vitória, a 1a sem levar gols, mandando em campo e impondo ritmo de jogo. Temos bastante o que melhorar, não podemos nos dar ao luxo de constantemente perder chances de gols e temos que acertar a zaga de vez. Trabalho pro Tromba, confio nele!

Abaixo os registros da noite de estreia no Maraca.

Pré Jogo

by Leomagamon

1o Tempo

by Leomagamon

2o Tempo

by Leomagamon

PS: O público foi pequeno para a importância do jogo, cerca de 30 mil torcedores compareceram ao Maraca. Sabemos que é um horário ingrato, jogo em TV aberta, ingresso mais caro. Mas Libertadores é diferente, temos que fazer aquele velho esforço que estamos tão acostumados. Mas tende a melhorar a medida que a torcida perceba confiança em campo.

CAMPANHA 2010: 9 Jogos, 7 Vitórias, 1 Empates, 1 Derrotas, 24 Gols Pró, 15 Gols Contra

ARTILHARIA 2010 (24 Gols): Adriano IMPERADOR (6), Vágner Love (6), Bruno Mezenga (3), Kléberson (3), Fernando (2), Fierro (1), Léo Moura (1), Petkovic (1), Vinícius Pacheco (1)

MAGIA NELES!
EQUIPE Magia Rubro Negra

http://twitter.com/leomagamon
http://youtube.com/leomagamon
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97439550